Acessar o site em Inglês Acessar o site em Português
  • ANPO

  • TV ANPO

  • CTR/ANPO
  • IG DO GRANITO
  • BIBLIOTECA

  • EMPRESAS


Comissão Especial de Rochas Ornamentais da Câmara Municipal de Barra de São Francisco, discute a implementação de escola de artesanato de rochas ornamentais para crianças carentes.

Publicado em 22/02/2019


A Associação ANPO esteve participando nesta quarta-feira 20 de fevereiro, a convite da Comissão Especial de Rochas Ornamentais da Câmara Municipal de Barra de São Francisco, para uma reunião realizada no plenarinho da Câmara, onde foram discutidos diversos projetos que estão sendo implementados no setor de rochas, entre eles destacamos o Projeto Oficina Escola de Artesanato de Mármore e Granito, que será criado em parceria entre as entidades para atender adolescentes e jovens de ambos os sexos de 12 a 21 anos, onde é necessário que as crianças tenha bom comportamento social na sociedade, estar frequentando e ter boas notas na escola. Na venda do artesanato feita pelas crianças 80% do lucro fica para quem fabrica a peça de artesanato e 20% para a manutenção e despesas da oficina.

Estiveram presentes durante a reunião os vereadores Wilson Mulinha, Zirene Surdini e Zilma Matos, representando a ANPO, o seu diretor Mario Imbroisi, secretária Katiene Luz e assessor de imprensa Ricardo Madureira, representando o IFES-Barra de São Francisco o diretor Alexandre Gadioli, Heyder Vagner Ramos Coordenador de Extensão e representando a prefeitura o secretário de Assistência Social Denir Gomes

O projeto oficina escola de artesanato deverá ser implementado em terreno localizado no Espaço da Alegria (PETTI), onde já funciona um projetos que assiste crianças e adolescentes.

A câmara Municipal de Barra de São Francisco, usando de suas atribuições criou no dia 13 de março, a LEI Nº0816, onde ficou autorizado ao Poder Executivo Municipal a criar um projeto de oficina escola para ensinamento de artesanatos no município, para adolescentes em fragilidade econômica e risco social de situações existentes. Para funcionamento do projeto de que trata a Lei o município firmou parceria com a ANPO (Associação Noroeste de Produtores de Rochas Ornamentais) e com entidades não governamentais e governamentais.

A vereadora Zirene Surdine disse que é uma alegria fazer parte deste projeto. "Visitamos uma oficina que funciona no Município de venda Nova do Imigrante e ficamos impressionados com a demonstração dos meninos, transformando a pedra bruta em lindas figuras de animais". Nosso objetivo, juntamente com o colega vereador Wilson Mulinha, Diretor da ANPO, Mário, diretor do IFES Alexandre Gadioli, juntamente com a prefeitura é trazer esta Oficina de Artesanato para Barra de São Francisco, com perspectivas de fortalecer a geração de Empregos e Renda, aproveitando a abundante matéria prima ( dejetos ) das Mineradoras de nossa região. Disse a vereadora

O vereador Wilson Mulinha disse que é muito importante trazer esta Oficina Escola de Artesanato para o município de Barra de São Francisco, e também para os demais 11 municípios que fazem parte do Commines (Consórcio de Municípios Mineradores do Espírito Santo), para inclusão social e geração de serviços e rendas para as famílias, através do artesanato.
Disse o vereador Wilson

Comissão Especial de Rochas Ornamentais da Câmara Municipal de Barra de São Francisco, discute a implementação de escola de artesanato de rochas ornamentais para crianças carentes.

Compartilhe:

 

 

Visitas: 348

Fonte: Parceria entre vereadores, prefeitura, Ifes e ANPO, deve resultar em implantação do Projeto Oficina e Escola de Artesanato em Rochas

Entre em contato

Site seguro

https://www.anpo.com.br/ https://www.anpo.com.br/